Criança de 1 ano e 8 meses recebe cirurgia depois de cinco meses de espera

Criança de 1 ano e 8 meses recebe cirurgia depois de cinco meses de espera

Ela possui uma dilatação do rim por má formação do órgão

Uma família no Residencial Teresina Sul, em Teresina, vive angustiada com o sofrimento da criança Amanda Vitória, de 1 ano e 8 meses. O caso dela merece atenção por um problema no rim esquerdo comprovado por laudos médicos que tem hidronefrose.

A doença é uma dilatação do rim por má formação do órgão. ?O médico disse que é como se o rim dela fosse aberto. Na hora de fazer xixi, ela tem muita dificuldade. É como se estivesse entupindo o rim dela.?

De acordo com os médicos, até os dois anos, não há risco algum. Mas após os dois anos a menina vai crescendo e os órgãos vão crescendo juntos sem controle.

Os pais Roberto e Antonia dos Santos, passaram cinco meses à espera de uma oportunidade.

A cirurgia foi marcada em dezembro de 2013. Depois de cinco meses a pequena Ana Vitória ainda espera por uma oportunidade de conseguir essa cirurgia. ?A gente nunca teve um retorno para marcação da cirurgia dela?, disse a mãe a um funcionário do Hospital Infantil Lucídio Portela.

Após longo tempo de espera, a notícia boa chegou: o procedimento cirúrgico está marcado para o dia 10 de junho. "Eu estou levando a criança e a mãe para o centro cirúrgico para garantir que todos os procedimentos vão ser executados", afirmou o ouvidor do Hospital Infantil, Sérgio Ribeiro.

?Estamos muito felizes por esta notícia. Há tempos que a gente aguardava essa novidade pela saúde da nossa Ana Vitória?, afirmam os pais.

Fonte: Denison Duarte