Criança de 10 anos intoxicada em ritual de magia negra morre no HUT

A garota estava em coma desde o dia 14 deste mês.

Na manhã desta quinta-feira (28/04), o Hospital de Urgência de Teresina confirmou a morte da menina Francisca Alice, de 10 anos, que estava internada após uma suposta intoxicação depois de ter passado por um ritual de magia negra.

A garota estava em coma desde o dia 14 deste mês após passar por uma cerimônia em um terreiro no interior de Timon. Ela teve falência dos órgãos e sofreu uma parada cardíaca.

De acordo com informações do diretor do HUT, Gilberto Albuquerque, a criança morreu às 09h30. “Esse fato culminou com aquilo que a gente não gostaria que tivesse, porém em casos de envenenamento quase a sua totalidade termina com fatalidade”, declarou ele.

Ainda segundo ele, a menina já tinha passado por duas cirurgias, uma em 2013 no Hospital Infantil e outra em 2015 no Hospital de Urgência de Teresina: “Ela passou por duas cirurgias prévias e uma das causas são as doenças sexualmente transmissíveis. Daí é que se abriu outra investigação que a perícia já fez os exames técnicos e estamos aguardando mesmo após o óbito para ver a possibilidade de ter ocorrido algum abuso sexual”, disse o médico.

Para o diretor, na maioria dos casos em que ocorrem envenenamento e espancamento também acontece o abuso sexual: “Todo caso de criança que sofre maus tratos é sempre plausível investigarmos a possibilidade de abuso sexual. Por isso foi chamada a perícia para nova avaliação, ela está sendo encaminhada para o Instituto Médico Legal onde deverá ser feito os exames. Penso que em um mundo tão atual em que vivemos não é mais justificável que ainda existisse esses rituais de magia negra”, finalizou.

Fonte: Portal Meio Norte