Criança de 2 anos morre afogada em piscina de clube

Quando a vítima foi encontrada, funcionários do clube pediram ajuda de policiais militares

Uma criança de 2 anos morreu afogada na piscina de um clube, em Patos de Minas (MG), na quinta-feira (17).

Segundo os bombeiros, o menino entrou na água em um momento de distração da família. O pai, um tio e dois irmãos dele estavam no local.

Quando a vítima foi encontrada, funcionários do clube pediram ajuda de policiais militares, que tentaram prestar socorro antes da chegada do Samu, o serviço de atendimento de urgência. "Logo em seguida chegou o Samu e o médico constatou que já havia ocorrido a morte", disse o sargento José de Lima.

O clube ainda não tem um salva-vida para trabalhar na área das piscinas. Os bombeiros disseram que há uma lei municipal que obriga a presença desse profissional, mas ela só entra em vigor em outubro.

"Passamos por pequenas reformas, mas a área da piscina infantil é bem cercada, Infelizmente, houve uma fatalidade. Nesse momento, vamos estar junto com a família", disse o supervisor da unidade de lazer.

A Polícia Civil vai investigar se houve negligência ou alguma outra falha de segurança.

Fonte: g1, www.g1.com.br