Criança deixada em carro fechado e no sol pode morrer em duas horas

Situação pode causar desidratação e sufocamento, segundo pediatra

Em seis dias, duas crianças foram deixadas trancadas dentro de carros sob o sol, em Brasília. Na última quarta-feira (30). Casos como estes, podem levar à morte de uma criança. Com os vidros fechados, durante o dia e a uma temperatura de 30ºC, uma criança pode morrer após duas horas, por sufocamento e desidratação. É o que explica a responsável pelo ambulatório de pediatria do HUB (Hospital Universitário de Brasília), Vera Lúcia Bezerra.


Criança deixada em carro fechado e no sol pode morrer em duas horas

? Não há um tempo preciso, mas, em torno de duas horas, pode ocorrer o sufocamento, o que vai depender das condições climáticas.

Um homem esqueceu a filha de quatro anos trancada dentro do carro no estacionamento de um shopping da Asa Norte, área central de Brasília. Neste sábado (2), também na Asa Norte, um menino de dois anos foi encontrado trancado dentro de um carro. Os bombeiros quebraram o vidro do veículo para socorrer a criança, que estava desesperada.

Entre as consequências, segundo a médica, a desidratação é o que mais complica o quadro de saúde. Em seguida, ocorre o sufocamento, o que, de fato, causa a morte.

? A criança fica com pouco ar, que está quente, e ainda respira as substâncias liberadas pelo material plástico que reveste o veículo por dentro.

Segundo a pediatra, poucos minutos em uma situação como esta podem causar um quadro traumático para a criança, que pode se desesperar e chorar.

Fonte: r7