Bebê de 6 meses passa mal em creche improvisada e morre

Bebê de 6 meses passa mal em creche improvisada e morre

Dona pagou fiança e foi liberada; pais questionaram machucados no bebê

A Polícia Civil investiga a morte de um bebê de 6 meses que foi deixado em uma creche improvisada na Zona Norte de São Paulo nesta quinta-feira (31). Segundo a dona da creche, a criança começou a passar mal, perdeu os sentidos, e morreu no hospital. Os pais estranharam dois machucados no rosto do filho ? segundo eles, a criança não tinha as marcas quando foi deixada na creche.

Diana Ribeiro dos Santos, mãe da criança, deixou seu filho na creche antes de sair para trabalhar nesta quinta, como fazia diariamente. ?Eu até levei um carrinho para ele ficar, porque eu não gostei do berço que tinha lá. Falei que era para ele ficar no carrinho, mas aí aconteceu isso?, contou a jovem.

Ela mora a poucos metros da casa onde funciona a creche improvisada. Do lado de fora, a única referência infantil é um desenho nas duas portas. Mas nada indica que ali funciona uma creche.

Peritos estiveram na madrugada do local para tentar descobrir o que causou a morte do menino. A dona da creche disse que o local funciona há pelo menos 10 anos. Segundo ela, nesta quinta a criança passou mal, perdeu os sentidos e foi levada para o hospital com a ajuda de um motorista que passava pela rua.

Os pais só souberam da morte da criança quando chegaram ao hospital. Eles afirmaram ter estranhado dois machucados no rosto do filho - disseram que o filho não tinha as marcas antes de ser deixado na creche.

A dona da creche vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ela pagou fiança de cinco salários mínimos e foi liberada.

Fonte: G1