Criança tem 2 pernas e 7 dedos amputados após erro médico

Menino teria dito: "Os pés ruins já foram, agora traz os novos'.

O caso de um menino de apenas três anos, de nome Reuben, que teve as duas pernas e sete dedos amputados após um erro médico, chocou e causou revolta. A luta do garoto, que começou ainda em julho, ocorreu após ele sofrer uma queimadura ao tentar utilizar um ferro de passar.

Alguns dias após sofrer a queimadura, o menino foi levado pela  mãe, Lou Harvey-Smith, para um hospital e apresentava febre alta e dor de garganta. Inicialmente, a criança foi diagnosticada com amigdalite (inflamação na amigdala) e os médicos receitaram antibióticos. O garoto, no entanto, teve uma piora.

Desesperada, a mãe resolveu optar por uma segunda avaliação. Por isso, levou o filho para uma clinica especializada em queimaduras e ouviu dos médicos que o problema era choque tóxico, uma infecção.

De acordo com os médicos, várias bactérias teriam entrado pela ferida causada pela queimadura e estariam liberando toxinas venenosas no sangue do menino.

Devido ao erro de diagnóstico, a infecção se espalhou rapidamente e não foi possível se fazer mais nada. Reuben teve que amputar as duas pernas e sete dedos. 

"Ele olhou para as pernas amputadas e disse 'os pés ruins já foram, agora traz os novos", disse a mãe.

 Reuben teve as duas pernas e sete dedos amputados  (Crédito: Reprodução)
Reuben teve as duas pernas e sete dedos amputados (Crédito: Reprodução)





Fonte: Com informações do IG