Crianças correm grandes riscos sobre motos no dia-a-dia nas ruas de THE

Crianças correm grandes riscos sobre motos no dia-a-dia nas ruas de THE

O Código de Trânsito Brasileiro estabelece regras para o transporte de crianças

Nas ruas de Teresina é muito comum encontrarmos crianças sendo transportadas em motocicletas e, o que é pior, sem nenhuma proteção; atitude de irresponsabilidade dos pais que colocam em risco a vida dos pequenos e infringem o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Segundo o comandante da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran), major Adriano Lucena, essa prática é mais comum nas proximidades de escolas.

O CTB permite que crianças sejam transportadas em motocicletas desde que tenham idade superior a sete anos e utilizem capacete e roupa adequados, que minimizem o risco de lesões.

E mesmo com idade mínima de sete anos, é necessário que as crianças tenham altura apropriada, para que seus pés fiquem apoiados na pedaleira e elas consigam ter firmeza nas mãos e braços.

Essa prática está na categoria de infração gravíssima, com multa de R$ 191,54, soma de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), recolhimento da carteira e perda do direito de dirigir.

?Além disso, as pessoas são proibidas de sair na motocicleta, levando a criança. Algumas pessoas acham que serão multados e sairão do local como se nada tivesse acontecido, mas não é verdade?, afirmou o comandante.

Lucena justifica o alto número de infrações desse tipo com o fato de o número de motocicletas em Teresina ser muito alto. Hoje são cerca de 300 mil veículos nas ruas da capital.

Destes, cerca de 200 mil são motocicletas. Já no Piauí são 760 mil veículos, dos quais mais de 400 são motos. ?Elas acontecem mais nos bairros da cidades, no horário de chegada e saída das crianças nas escolas?, afirmou.

Fonte: Pollyana Carvalho