Crianças e adolescentes podem já podem ir pra colônia de férias

Ontem o NAI do bairro Matadouro, zona Norte da capital, encerrou suas atividades de férias.

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTE SÁBADO (12) DO JORNAL MEIO NORTE

Com o objetivo de fortalecer vínculos e evitar com que as crianças e adolescentes sejam expostos à violência e às drogas, a Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de assistência Social (SEMTCAS) está promovendo colônias de férias nas Unidades de Serviço de Convivência e Fortalecimento de de Vínculos (SCFV). Ontem o NAI do bairro Matadouro, zona Norte da capital, encerrou suas atividades de férias.

Com muitas brincadeiras, jogos e diversão a colônia de férias de quatro NAI"s da prefeitura chegaram ao fim ontem, mas em outras 13 estão começando. O coordenador do NAI Matadouro afirma que essas ações promovem uma maior interação entre os jovens e práticas saudáveis durante as férias de janeiro e julho." Esse evento é de suma importância, estamos vivendo em uma comunidade em que há muitos problemas com o mundo das drogas e exploração sexual, estando aqui nas férias, eles ocupam esse espaço livre que têm, evitando entrar nesse mundo perigoso", afirma o coordenador da unidade, Alberto Nonato.

Na colônia de férias do Matadouro atende 42 crianças pela manhã e 92 pela tarde, provendo o estimulo artístico, atividades esportivas como futebol e capoeira, dança. Além de receber os jovens, 42 idosos também têm seu espaço nas férias, onde realizam a capoterapia, um terapia feita através da prática da capoeira.

Fotos: Moisés Saba











Fonte: Rhauan Macedo