­Crocodilo devora turista vivo em Cancún: "Me salvem, ele está me comendo!"

"Infelizmente, isso aconteceu por um descuido pessoal”, declarou o oficial. “Ele não respeitou os sinais de aviso colocados na região", lamentou.

 Era uma tranquila tarde de sábado em Laguna Bojorquez, Cancún, quando um homem de 31 anos, identificado como Marco Antonio Sánchez Hernández, foi comido vivo por um crocodilo enquanto se banhava na lagoa.

O incidente aconteceu por volta das 18 horas do sábado. Seu corpo sem vida só foi encontrado no dia seguinte. Apesar de o ataque ter sido presenciado por diversas pessoas, era impossível resgatar a vítima sem correr o risco de se tornar alvo do animal.

"Me salvem, está me comendo!" eram os gritos do homem, de acordo com relatos das testemunhas, que ainda tentaram avisá-lo da presença de crocodilos no lago antes da tragédia.

Diretor da Zona Marítima de Cancún, Eduardo Marisca declarou à publicação mexicana La Policiaca considerar que o acidente foi causado por ignorância do próprio turista. "Infelizmente, isso aconteceu por um descuido pessoal”, declarou o oficial. “Ele não respeitou os sinais de aviso colocados na região", lamentou.

A necropsia determinou que Marco Antonio Sánchez Hernández morreu em decorrência de uma asfixia por afogamento. As lesões causadas pelo crocodilo, a maior parte mordidas nos braços e ombros, não foram fatais.

Neste domingo, a polícia local informou que o homem estava bêbado quando entrou na lagoa.

Fonte: R7