Cruzamentos na Dom Severino vão ganhar semáforos na zona Leste de Teresina

Cruzamentos na Dom Severino vão ganhar semáforos na zona Leste de Teresina

Cruzamentos na Dom Severino vão ganhar semáforos na zona Leste de Teresina

O trânsito da zona Leste de Teresina tem vivido dias difíceis, principalmente no percurso da Av. Dom Severino, que é repleto de balões e rotatórias. Para amenizar esse problema, a Superintendência de Transporte e Trânsito de Teresina (Strans) está implantando um novo sistema semafórico em pontos da avenida, com a finalidade de amenizar o tempo de espera dos motoristas em trânsito.

O processo de abertura dos canteiros, que posteriormente se transformarão em semáforos, começou, e o primeiro está sendo construído no cruzamento da Av. Dom Severino com a Rua Honório Parente.

Embora esta intervenção prometa reduzir o tempo de espera dos motoristas na via, não há nenhuma sinalização que indique a obra, por isso os motoristas estão utilizando esta abertura como retorno.

Enquanto a solução não vem, quem precisa utilizar a Dom Severino continua exercitando a paciência. “No meu entendimento, o trânsito daqui de Teresina não deveria ter tantas rotatórias, principalmente em uma Avenida como a Dom Severino”, denuncia Israel Rego, que usa a via todos os dias para ir ao trabalho.

“Em todos os retornos as pessoas têm dificuldade de dirigir, outro dia mesmo quase sofri um acidente”, relata. Alexandra Gomes, por sua vez, prefere fazer outras rotas.

“Eu deixei de passar lá todos os dias porque o trânsito é muito intenso, mas era o meu caminho de passagem. Quando dá 17h, você não consegue se movimentar, a velocidade máxima dos carros é de 10 a 12 km/h”, relata.

Ela acredita que o trânsito melhoraria com uma estruturação eficaz das ruas laterais e da própria Dom Severino: “As ruas laterais são muito pequenas, e elas não são em sentidos opostos e nem de mão dupla. Desafogaria mais se tivesse, ao invés de mais rotatórias, sinais de tempos diferentes”.

A precariedade da estrutura viária da Av. Dom Severino é revelada quando acontece algum sinistro na via. A reportagem flagrou um ponto de congestionamento intenso na tarde de ontem, provocado por um acidente envolvendo dois carros de passeio no cruzamento da Dom Severino com a Rua Aviado Irapuã Rocha.

Os balões tornam o trânsito difícil, pois eles diminuem o espaço na via para os carros. Mais à frente um ônibus com defeito, próximo ao canteiro de construção do semáforo da Av. Dom Severino com a Honório Parente, também impedia que o fluxo acontecesse de forma adequada.

Strans vai fechar retornos e balões da Av. Dom Severino

De acordo com José Falcão, diretor da Strans, para um melhor funcionamento do trânsito na zona Leste de Teresina serão fechados os retornos presentes nos cruzamento da Av. Dom Severino com as ruas Orquídea e Angélica.

Os balões ou rotatórias das ruas General Lages, Joca Vieira e Hermes Vianna também vão sumir do mapa da cidade, dando lugar a um fluxo contínuo de veículos.

Também serão instalados novos semáforos na Irapuã Rocha, Honório Parente, Saba Said e Professor Madeira.

"Hoje nós temos uma Avenida Dom Severino que funciona com aquelas rotatórias. Elas reduzem a capacidade viária, pois o carro tem que parar para que possa fazer travessia", afirma José Falcão. Para solucionar o problema serão instalados semáforos de dois tempos nestes cruzamentos.

Além disso, a estrutura das vias será renovada para receber a nova estruturação. "Estamos com as obras de adequação dos canteiros, geometria das vias, e vamos iniciar a implantação das colunas e da sinalização da região, tanto a vertical quanto a horizontal", afirma o diretor da Strans. Ainda de acordo com José Falcão, as obras serão finalizadas no início de setembro.

Porém, as obras que beneficiarão a Av. Dom Severino não eliminarão os retornos presentes no trecho da via que corta o bairro Morada do Sol. São nove, ao todo. O trânsito na região cresce gradativamente em razão da forte exploração comercial da região que, assim como os bairros de Fátima e Horto, está deixando de ser uma região tipicamente residencial para dar lugar a empreendimentos.

Fonte: Jornal Meio Norte