Curso técnico em dança forma 1ª turma com espetáculo O Mesmo é Outro

Depois da Bahia, o grupo se prepara para, nas primeiras semanas de agosto, participar de um curso especial em Nova York sobre o Sistema Laban, articulado por Regina Miranda.

Image title

Os alunos da primeira turma do curso técnico em dança encenaram na noite desta quarta, 29, o espetáculo 'O Mesmo é Outro', que tem concepção e produção da coreógrafa Luzia Amélia. Nos dias 8 e 9 de maio, o grupo vai se apresentar no Teatro do Movimento, em Salvador.

Em agosto, os 30 alunos vão se formar e já estão abertas as matrículas para segunda turma, cuja aula inaugural deve ocorrer nas próximas semanas.No espetáculo didático, os alunos trazem para o palco o que foi pensado em meio a muitas pesquisas e o desenvolvimento de práticas.

Segundo a coordenadora Luzia Amélia, podem participar do curso pessoas que possuem conhecimento em dança como também pessoas sem qualquer contato com a arte.curso técnico em dança.

Image title

Para os alunos, o curso técnico trouxe uma nova perspectiva para dança no Piauí. Wilson Guilardi, por exemplo, destacou a importância da pesquisa, o debate e o estudo das linhas de pensamento de quem faz a dança moderna.

O espetáculo, que traz características contemporâneas, revela personagens da dança moderna. É uma produção didática a partir de um trabalho de intensa pesquisa desenvolvida pelos alunos.

Em O Mesmo é Outro, os bailarinos mostram o resultado da pesquisa de autores, como Nina Verchinina, Pina Bauch, Merce Cunnighan, Isadora Ducan. Ao longo desse um ano e meio aconteceram seminários, encontros e outras ações.

Para Luzia Amélia, participar da concepção de 'O Mesmo é Outro' foi uma experiência enriquecedora, que nasceu a partir do estudo em sala de aula. Durante o espetáculo, os alunos mostram as mais variadas estéticas dos mestres da dança moderna mundial.Para Bahia, os alunos vão mostrar que a dança é técnica e pensamento.

“O diferencial desse curso, além de ser o primeiro técnico de dança do estado, ele qualifica o profissional técnico, incentiva a pesquisa, o estudo e vamos levar um espetáculo em que os vários autores estão presentes”, afirmam os alunos, declarando que vão aproveitar a temporada de dois dias na Bahia para investigar a dança.curso técnico em dança.

Image title

Depois da Bahia, o grupo se prepara para, nas primeiras semanas de agosto, participar de um curso especial em Nova York sobre o Sistema Laban, articulado por Regina Miranda.

Para os alunos que estão se formando, muitos coordenam academias de dança, são bailarinos. No entanto, o curso técnico permitiu aos mesmos um olhar diferenciado sobre movimentos, linhas de pensamento e despertou o interesse pela pesquisa.

Fonte: Ascom