Dado Dolabella oferece R$ 5 mil de indenização à camareira. Ela recusa

Dado Dolabella oferece R$ 5 mil de indenização à camareira. Ela recusa

Advogado de Dona Esmeralda, Marcelo Quintanilla, confirmou a oferta feita pelo advogado de Dado durante a audiência que aconteceu nesta quarta

Nesta quarta-feira, 25, ocorreu a última audiência do processo de indenização movido pela camareira Esmeralda contra o ator Dado Dolabella, na 11ª Vara Civil do Rio. Ela o acusa de agressão. Segundo o advogado dela, doutor Marcelo Quintanilla, o advogado de Dado, Michel Asseff Filho, chegou a oferecer R$ 5 mil de indenização à camareira, mas ela não estava de acordo com o valor oferecido.

"Houve a oferta sim, mas ela não aceitou. A Esmeralda prefere aguardar a decisão da juíza. O próximo passo é a sentença, que não deve demorar muito", disse Marcelo Quintanilla, na tarde desta quarta.

Relembre o caso

A briga de Dado e Luana Piovani aconteceu em uma festa após a estreia de um monólogo da atriz, "Pássaro da Noite". Na festa para os amigos e a equipe do espetáculo, os dois discutiram e a camareira da atriz, Dona Esmeralda de Souza, acabou com o braço imobilizado ao ser empurrada pelo ator, quando ele tentou defender Luana.

Pouco tempo depois, a atriz resolveu dar queixa contra o ex na delegacia da mulher, no Rio, e se apresentou como testemunha no processo que Esmeralda também moveu contra Dado. Em março de 2009, ele chegou a ficar preso durante um dia por desrespeitar uma decisão judicial que dizia que ele tinha que permanecer a, pelo menos, 250 metros de distância de Piovani.

Fonte: EGO