Decreto cria Plano de defesa dos Cerrados

Entre as metas do plano está o aumento do consumo de carvão de florestas plantadas pela indústria

Decreto do Ministério de Meio Ambiente e institui o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado). O documento prevê 151 ações para reduzir a perda da cobertura vegetal e criar alternativas de proteção e uso sustentável dos recursos naturais do bioma.

Conforme relata o engenheiro agrônomo Fabrício Andrade o Plano deve favorecer na preservação do bioma. ?Essa é um forma de controlar e ampliar os cuidados governamentais para com os cerrados?, comenta. Em todo o Piauí os cerrados ocupam territórios de 20 municípios.

Entre as metas do plano está o aumento do consumo de carvão de florestas plantadas pela indústria de ferro gusa e o aumento de recursos para recuperação de áreas degradadas. Até 2011, o Governo planeja investir R$ 339 milhões. O dinheiro será usado em ações de fomento às atividades produtivas sustentáveis, monitoramento e controle, ordenamento territorial, educação ambiental e criação de 2,5 milhões de hectares em áreas protegidas. (T.T.)

Fonte: Thays Teixeira - Jornal Meio Norte