Defensoria participa de audiências para reavaliar internos no CEM

A segunda etapa das reavaliações está agendada para o mês de junho.

A defensora pública Alynne Patrício de Almeida Santos, titular da 3ª Defensoria Pública da Infância e da Juventude, participou das audiências para a reavaliação das execuções de medidas socioeducativas de 27 adolescentes internos no Centro Educacional Maculino (CEM). O trabalho foi desenvolvido nos dias 25 e 28, sob a coordenação do juíz titular da 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Teresina, Antônio Lopes de Oliveira.

As audiências foram realizadas no Centro Educacional Masculino (CEM), no bairro Memorare, na zona Norte de Teresina e, além de Alynne Patrício, contaram com a partivipação do promotor de Justiça Maurício Verdejo G. Júnior. A participação da Defensoria Pública e do Ministério Público atende determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Sobre o trabalho, a defensora Alynne Patrício fala sobre a importância da iniciativa. "É muito importante essa reavaliação in loco das medidas no próprio Centro Educacional Masculino (CEM). Todo o sistema de justiça se desloca até a unidade e isso  propicia que vivenciemos de perto a realidade dos adolescentes em cumprimento de medida de internação. Mais de 25 adolescentes foram reavaliados e durante todos os meses deste ano serão realizadas essas audiências de reavaliação", diz a defensora.

A segunda etapa das reavaliações está agendada para o mês de junho.


Defensoria Público (Crédito: Divulgação )
Defensoria Público (Crédito: Divulgação )
Fonte: Com informações do Portal do Governo