Defensoria Pública Criminal atende no núcleo da avenida João XXIII

A transferência tem por objetivo proporcionar melhor atendimento.

A Defensoria Pública Criminal, que têm a direção do defensor público Sílvio César Queiroz Costa, está funcionando agora na Unidade João XXIII da Defensoria Pública, situada na avenida João XXII, antigo Espaço Cidadania.

A transferência tem por objetivo proporcionar melhor atendimento aos assistidos pela instituição, já que as novas instalações contam com fácil acesso do sistema de transportes públicos da capital, além de estar localizada próximo ao Núcleo Central da Defensoria. No novo espaço, os defensores públicos criminais e as equipes também estarão melhor alojados, levando em consideração que o antigo prédio da Criminal, no Edifício Anfrísio Lobão, rua  13 de Maio, no Centro de Teresina, encontrava-se em situação insalubre sob vários aspectos.

"A mudança de sede da Defensoria Criminal para as proximidades do Núcleo Central e do Fórum Criminal representa um ganho para os nossos assistidos, pois o acesso as linhas de ônibus de toda a capital e região metropolitana têm parada na frente do novo núcleo, que possui, inclusive, estacionamento reservado para os portadores de necessidades especiais. É bom frisar que a 9ª Defensoria Criminal ainda funciona no Comando Geral da Polícia Militar, pois tem a prerrogativa de atuar em processos criminais militares, e as coordenações do Júri e de Apoio ao Preso Provisório continuam funcionando no 5º andar do Fórum Cível e Criminal", diz o diretor criminal da DPE-PI, Sílvio Queiroz.

Defensoria Pública do Piauí (Crédito: Reprodução)
Defensoria Pública do Piauí (Crédito: Reprodução)


O diretor também destaca outros pontos positivos da mudança. "A ocupação do novo espaço na Av. João XXIII representa mais uma conquista para a nova gestão da Defensoria Pública, que em apenas um ano e mesmo com todas as dificuldades decorrentes de um pequeno orçamento, ainda consegue melhorar a qualidade do atendimento prestado, dando melhor condição de trabalho aos defensores, colaboradores e toda a população que busca e necessita do acesso à Justiça", complementa Sílvio Queiroz.

O atendimento da Defensoria Criminal na Unidade João XXIII está sendo realizado normalmente de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

Fonte: Com informações do Portal do Governo