Defensoria Pública do Piauí retoma Força Tarefa em penitenciária

Em Teresina, a ação terá início em 29 de junho na Irmão Guido

Lançada no último dia 18 de maio, a Força Tarefa Defensorial, grupo vinculado à Defensoria Pública do Estado (DPE-PI), já tem uma próxima missão. Na última semana ficou definida a segunda etapa do trabalho na penitenciária Irmão Guido, em Teresina, a ação terá início no próximo 29 de junho, sendo concluída em 10 de julho. Na ocasião, a data foi definida em comum acordo entre os integrantes da iniciativa e o subdefensor pú-blico, Erisvaldo Marques.

Com a retomada, os presos serão atendidos e consequentemente, analisados os processos de cada, o objetivo é dar a atenção jurídica prevista na legislação. Cabe ressaltar, que o trabalho é norteado por uma parceria entre a entidade e a Secretaria de Justiça, do qual resultou um termo de cooperação.

Ao todo, dez defensores públicos estarão envolvidos na Força Tarefa, nisso, eles também terão o suporte de um pessoal de apoio para que as metas sejam cumpridas ao final das atividades, como destaca Marques. “Já está quase totalizada a análise dos processos dessas pessoas, com encaminhamentos e petições pertinentes a cada caso, para que possamos partir agora para esse segundo momento. Definimos o período de 29 de junho até 10 julho para o atendimento. Serão envolvidos 10 Defensores Públicos e pessoal de apoio entre Estagiários e Servidores da Defensoria Pública, para que possamos concluir a Força Tarefa”, destacou.

AMPLIAÇÃO – Com os resultados obtidos na primeira edição, a perspectiva é que a atuação do grupo seja ampliada por outras unidades prisionais piauienses, neste sentido, a frequência deverá ser semestral, de modo que não haja quaisquer prejuízos nos demais âmbitos. “Realizaremos a ação agora na Irmão Guido e posteriormente, no próximo semestre, o mesmo trabalho será feito na Casa de Custódia. Será feito um relatório das atividades desenvolvidas”.

Fonte: Francy Teixeira