Defesa Civil confirma oito mortes com as enchentes no RS

As chuvas que atingem o estado deixaram mais de 2 mil pessoas desabrigadas ou desalojados

O número de mortos por causa dos temporais que atingiram o Rio Grande do Sul nesta semana chega a oito, segundo a Defesa Civil do estado.

O corpo de um homem foi localizado na manhã desta sexta-feira (30), próximo a uma ponte sobre o Arroio Fragata, em Capão do Leão (RS). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem seria o maquinista do trem que descarrilou na madrugada de quinta-feira (29) no trecho entre Capão do Leão e Pelotas (RS).

As chuvas que atingem o estado desde a noite da quarta-feira (28) deixaram mais de 2 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas, de acordo com a Defesa Civil.

Em Pelotas, 498 estão desabrigadas e 800 desalojadas.

Em Capão do Leão, 150 pessoas estão desabrigadas, além de 150 desalojados. Mais de 1.500 pessoas foram afetadas em Turuçu (RS), sendo que 1.200 estão desalojadas.

Em Pelotas, comunidades inteiras permanecem ilhadas. Nesta sexta-feira, algumas pessoas voltaram para ver o que sobrou dentro das casas.

Em Turuçu, a água, que chegou até o teto, deixou móveis revirados em muitas casas. O que restou (armários, colchões e roupas) ficou espalhado pela rua.

Fonte: g1, www.g1.com.br