Defesa de Bola afirma que condenado no caso Eliza Samudio pode estar com câncer de próstata

Defesa de Bola afirma que condenado no caso Eliza Samudio pode estar com câncer de próstata

Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, cumpre pena de 22 anos em presídio da Grande BH

Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, pode estar com câncer de próstata, de acordo com a defesa do condenado do caso Bruno.

O ex-policial civil está preso no Presídio São Joaquim de Bicas, na Grande BH, pela morte da modelo Eliza Samudio. O crime ocorreu em 2010 e ele cumpre pena de 22 anos por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver.

De acordo com o advogado Fernando Magalhães, ?a doença já está clinicamente confirmada e o Estado autorizou que o detento passe por tratamento particular?. Porém, um procedimento médico que define o diagnóstico ainda não foi feito devido ao alto valor de custo.

? Estamos tentando fazer esse exame com o dono de um hospital, que é meu cliente.

O advogado Ércio Quaresma, que também defende Marcos Aparecido dos Santos, apenas confirmou a suspeita e contou que Bola pediu para ser examinado. Quaresma também afirmou que a família do cliente relatou para a defesa a preocupação do parente em estar com câncer.

Segundo Magalhães, ?apesar da triste notícia, Bola está bem?.

Atualmente, o ex-policial é visitado pelos seus advogados duas vezes ao mês. Em outubro deste ano, a defesa de Bola entrou com recurso para anular o processo, mas o pedido ainda está em andamento na Justiça.

Secretaria de Defesa Social nega

De acordo com a Seds (Secretaria de Estado de Defesa Social), a diretoria do Presídio de São Joaquim de Bicas informou que Marcos Aparecido dos Santos passou por exame de PSA (Prova do Antígeno Prostático) em julho deste ano e que o resultado deu negativo. O procedimento foi realizado no Hospital Regional de Betim, também na região metropolitana. Ainda conforme a pasta, o detento não fez nenhum outro exame para confirmar a doença.

Fonte: r7