Delegado atropela e mata mulher em acidente no Rodoanel

Socorro da Costa do Nascimento residia no Assentamento São Domingos, zona rural, e teria ido ao povoado Contendas para visitar familiares.

Atualizada às 15h36

O delegado Igor Gadelha informou ao meionorte.com que estava se deslocando para Teresina quando no rodoanel do município de José de Freitas, a senhora Maria do Socorro do Nascimento Silva, saiu de uma pista de terra e invadiu a rodovia imprudentemente sem olhar para os lados colidindo com o seu veículo.

Ele ressaltou que prestou socorro a vítima, chamando o SAMU (Serviço Móvel de Atendimento e Urgência), mas que infelizmente ela não resistiu e veio a óbito. "A senhora invadiu a rodovia. Foi tudo muito rápido e quando percebi ela já estava colidindo com o veículo sem eu ter tempo de frear", disse Igor Gadela.

A perícia foi acionada e demorou cerca de 2h para chegar até o local. O delegado disse que foi até a delegacia do município de José de Freitas prestou depoimento e disse que lá encontrou um sobrinho da vítima. "Falei com o sobrinho da vítima que lamentou muito o ocorrido, mas informou que ela não possuia carteira de habilitação", disse Igor afirmando que a vítima estava sem capacete no momento do acidente.

Ele informou ainda que tem testemunhas do acidente e vários populares diziam no momento do ocorrido que a vítima já teria protagonizado mais quatro acidentes.


O Delegado da  Polícia Civil de Esperantina, Igor Rocha Gadelha atropelou e matou a viúva  Maria do Socorro do Nascimento Silva de aproximadamente 47 anos por volta das 10h da manhã desta sexta-feira (10/04), no cruzamento da estrada vicinal que liga sede do município ao povoado Contenda com o rodoanel de José de Freitas.

Igor Rocha informou a reportagem que se deslocava da cidade de Esperantina para a capital piauiense, onde levava consigo  armas  apreendidos naquela cidade para serem periciados no Instituto de Criminalista da Secretaria de Segurança do Estado do Piauí,  momento este que seu carro modelo Nissan Versa preto atropelou a vitima que teve morte no local.

Socorro da Costa do Nascimento residia no Assentamento São Domingos, zona rural, e teria ido ao povoado Contendas para visitar familiares.

Uma testemunha disse que viu a a lavradora  entrando na pista sem observar para os lados, e que o veiculo conduzido por Igor desenvolvia alta velocidade. Como choque dos dois veículos, Socorro foi arremessada há  mais de vinte metros do local do acidente.

A ambulância do SAMU foi acionada, mas ao chegar ao local do acidente, constatou que a vitima já estava sem vida. Um policial civil lotado no 17ºDP de José de Freitas acionou a pericia criminal e o Instituto Médico Legal para fazer os procedimentos, o motorista atropelador permaneceu no local acompanhado o caso.


Fonte: JF Agora