Delegado faz xixi em boate e atira contra dois policiais militares

Preso em flagrante, o delegado foi levado para a Delegacia de Homicídios, na Cidade Jardim

O delegado de polícia do Distrito Federal Willy Borges de Amorim foi preso por atirar em dois policiais militares de Goiás, após fazer xixi dentro de uma boate, em Goiânia. O crime ocorreu na madrugada de domingo (29), na Exposição Agropecuária de Goiás, no setor Nova Vila.

Os policiais militares Danilo Souza Campos e Georgeton dos Passos Rodrigues, que estavam de folga e faziam a segurança da boate Santa Fé, perceberam que o delegado estava fazendo xixi dentro do camarote. Ao questioná-lo, foram baleados.

Durante a abordagem, por volta das 3 horas da manhã, Danilo pediu que Willy parasse de urinar no local, e quando se virou, o delegado sacou uma pistola 380 e efetuou dois disparos que atingiram a perna do militar.

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Militar, o outro policial, Georgeton, entrou em luta corporal e também acabou sendo baleado na perna.

Preso em flagrante, o delegado foi levado para a Delegacia de Homicídios, na Cidade Jardim, onde permanece detido. Ele responderá por tentativa de homicídio. Os baleados foram encaminhados para o hospital e passam bem.

A administração da boate Santa Fé comunicou que os dois policiais baleados não trabalhavam para a casa e que o incidente ocorreu na portaria, na fila de entrada. O delegado, que teria provocado problemas na sexta-feira, quando teria urinado dentro do camarote, foi proibido de entrar novamente no local no dia seguinte.

Ao ser barrado na portaria, Willy começou uma confusão e foi questionado pelos dois policiais militares que, segundo um dos administradores da boate, também aguardavam para entrar na casa. A briga teria começado, e o delegado, disparado contra eles.

Fonte: UOL