Delegado que esqueceu filha em carro vai receber perdão judicial

Delegado que esqueceu filha em carro vai receber perdão judicial

Menina de 11 meses foi sepultada na sexta-feira (18)

O delegado José Soares de Bastos, pai da bebê de 11 meses que foi esquecida dentro do carro em Santa Rosa, no Rio Grande do Sul, deve receber perdão da Justiça. Ele saiu para trabalhar e teria que deixar a criança em uma creche, mas foi direto para a delegacia. A menina ficou mais de cinco horas dentro do veículo.

O delegado que investiga o caso, Márcio Steffens, informou que o pai deve receber um perdão judicial por ter se tratado de um acidente. Ele só percebeu o que aconteceu no fim da tarde, quando recebeu uma ligação da mulher perguntando pela bebê.

? Ele está arrasado e tenho certeza que tudo foi um acidente. Na semana que vem eu vou ouvir as testemunhas e o delegado. Vou aguardar o laudo da perícia e as investigações serão feitas, mas sei que ele não será considerado culpado. A dor de ter perdido a filha já é suficiente.

Bastos voltou imediatamente para a delegacia após a ligação da mulher e, ao ver a filha dentro do veículo, ficou em estado de choque. A criança foi retirada por colegas do policial e encaminhada, junto com o pai, para um hospital. As tentativas de reanimação, feitas durante quase uma hora, não deram resultado. A menina morreu de desidratação. Desesperado, o delegado ficou internado e foi medicado com calmantes, sob assistência de uma psiquiatra.

O pai saiu do hospital para acompanhar o funeral. Colegas do delegado disseram à imprensa local que ele estava muito envolvido com o trabalho nos últimos dias.

Casos semelhantes ao de Alice ocorreram recentemente no Brasil. Em maio de 2011, um técnico em informática esqueceu a filha de sete meses dentro do carro em Novo Hamburgo (RS). Em novembro de 2012, um comerciante também esqueceu uma menina de dez meses em Volta Redonda (RJ). As crianças também morreram.

Fonte: r7