Denatran altera valores de multas para ultrapassagens perigosas

Denatran altera valores de multas para ultrapassagens perigosas

A partir de 1° de Novembro, ultrapassagens perigosas terão multas mais altas e motorista ficará sem dirigir por até um ano

A partir do dia 1° de Novembro, os motoristas que cometerem ultrapassagens perigosas terão multas mais altas para pagar e ficarão até um ano sem poder dirigir, segundo informações do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

As mudanças na lei, sancionadas pela presidente Dilma Rousseff em maio deste ano, visam diminuir a violência no trânsito.

Veja os novos valores:

Ultrapassar em lugar proibido

A nova multa ganhou aumento de 400% e passou a custar R$ 957,70. Antes, o valor era de R$ 191,54.

Ultrapassar pelo acostamento

Agora, a multa custa R$ 957,70, um aumento de 650% em relação ao valor antigo, de R$ 127,69.

Forçar ultrapassagem perigosa

O maior aumento foi nesta infração. Ela passou de R$ 191,54 para R$ 1.915,40, uma alta de 900%.

Disputar corrida – “Racha”

Nesta categoria o aumento foi mais "modesto", de 233%. A multa passou de R$ 574,62 para R$ 1.915,40.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: Brasil Post