Dengue matou mais de mil pessoas na América Latina

Brasil, Colômbia, México e Venezuela foram alguns países que enfrentaram surtos

A dengue, doença endêmica na América Latina, matou 1.167 pessoas em 2010 na região, onde foram detectados 1,8 milhão de casos, segundo dados da Organização Pan-americana da Saúde (Opas).

Um total de 44.656 casos foram declarados graves na região. Entre os países que registraram surtos estão Brasil, Colômbia, Guatemala, Honduras, Nicarágua, México, Porto Rico, República Dominicana, Venezuela, além de países e territórios do Caribe.

O Peru, cuja região amazônica sofre um surto particularmente grave de dengue, registrou até agora 14 mortos.

A Opas detectou, ainda, até 2 de fevereiro, 1.988 casos na Bolívia, dos quais 5,8% (115) foram confirmados.

Transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, a dengue é apontada como a doença viral transmitida por mosquitos de maior incidência no mundo. A dengue causa prejuízo de R$ 3,5 bilhões (US$ 2,1 bilhões) por ano nas Américas, segundo estudo publicado pela Universidade Brandeis (EUA), nesta segunda-feira (7), no American Journal of Tropical Medicine and Hygiene.

Essa quantia supera o ônus causado pelo vírus HPV (vírus do papiloma humano), contraído na relação sexual, e do rotavírus, a principal causa de diarreia fatal entre crianças em todo o mundo.

Fonte: R7, www.r7.com