Denúncias contra Netinho de Paula e mais 2 são arquivadas

Netinho é suspeito de usar notas frias para justificar gastos de gabinete.



Em menos de meia hora de sessão, a Câmara Municipal de São Paulo arquivou na terça-feira as investigações contra Netinho de Paula (PCdoB), Antonio Goulart (PMDB) e Ushitaro Kamia (DEM). Na semana passada, a Corregedoria aprovou por unanimidade relatórios que acusavam os três de má gestão de dinheiro público e quebra de decoro e pediam a abertura de investigações. O pedido deveria ser aprovado em plenário, mas acabou derrubado com apoio da base governista do prefeito Gilberto Kassab (sem partido). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Netinho é suspeito de usar notas frias para justificar gastos de gabinete, e teve pena de 30 a 90 dias de suspensão do mandato indicada pela Corregedoria. Goulart, vice-presidente da Casa, foi acusado de ter contratado oficialmente a gráfica da própria mulher. Kamia foi acusado de desviar donativos da Defesa Civil Municipal que seriam enviados para as vítimas das chuvas em São Paulo e Rio para uma organização não governamental (ONG) da zona norte, ligada a seu mandato. Os vereadores negam ter cometido irregularidades.

Fonte: Terra