Família em crise perde R$ 2 milhões após golpe de agiota em São Paulo

Suspeito foi preso na quarta-feira na capital paulista

Uma família, dona de uma fábrica de móveis que estava em crise, foi vítima de um golpe na capital paulista. Ela aceitou a ajuda de um investidor, que chegou a extorquir quase R$ 2 milhões em oito meses. Um suspeito foi preso na quarta-feira (20).

No ano passado, um homem se apresentou como investidor, na verdade um agiota e entrou com um capital de R$ 550 mil, mas quando a sociedade se desfez um cobrador apareceu fazendo ameaças. Por telefone, ele insinuava que iria sequestrar as vítimas. Na delegacia, ele disse que não seria tão violento. ?Era um teatrinho?, disse.

A família sofreu por oito meses. ?Os funcionários não acreditam mais na gente. Gerou uma dívida muito grande com os fornecedores?, disse um integrante da família, que pediu para não ser identificada.

Na quarta-feira, a família combinou o pagamento de mais uma parcela exigida pelo ?investidor?, mas a polícia já estava no caso e flagrou o suspeito. Outros dois integrantes da quadrilha ainda são procurados pela polícia.

A polícia recomenda que vítimas desse tipo de golpe procurem rapidamente uma delegacia. O crime de extorsão pode dar de 4 a 10 anos de cadeia.

Fonte: ;o