Deputado Evaldo Gomes chora após prestar depoimento na CPI da Cmeie

Deputado Evaldo Gomes chora após prestar depoimento na CPI da Cmeie

Evaldo Gomes não acredita estar sendo perseguido.

O deputado estadual Evaldo Gomes (PTC) prestou ontem depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga supostas irregularidades na Cmeie (Comissão Municipal Expedidora de Identidade Estudantil) na Câmara de Teresina. Estiveram presentes no depoimento do expresidente da Cmeie os vereadores Rodrigo Martins (PSB), Roney Lustosa (DEM), Renato Berger (PSDB), Paulo Roberto (PRTB) e Rosário Bezerra (PT).

Segundo Gomes, que não acredita estar sendo perseguido, sua gestão na Cmeie, entre 2009 e 2010, ?não teve irregularidades?. Evaldo disse ainda que não viu nenhum desvio de conduta ou de recursos nas gestões anteriores. Entretanto com base na auditoria interna que realizou assim que assumiu o cargo, ressaltou que tomou algumas atitudes administrativas, como a redução do valor da taxa da carteira e dos custos com aluguel de veículos.

?Além disso, criei o Portal da Transparência justo para prestar contas aos estudantes, às autoridades e à sociedade civil?, enfatizou. Evaldo Gomes esclareceu ainda sobre a venda de um imóvel pertencente à Comissão. Ele disse que a casa foi vendida porque estava se deteriorando, ?inclusive sendo depredada, servindo de antro para consumidores de drogas, e acumulando débitos com água e luz?. O deputado se emocionou e não conteve as lágrimas no final do depoimento.

?Quero pedir desculpas a essa Comissão, mas é que eu fiz uma retrospectivas de tudo que tenho passado desde que veio à tona essa denúncia de irregularidades na Cmeie. Muitas vezes sou indagado sobretudo pela mídia de supostas irregularidades e no entanto agora eu tive a oportunidade de esclarecer cada ponto questionando e como todos ficaram satisfeitos isso me emocionou?, afirmou.

Na próxima sexta-feira, 12, o ex-presidente Gilmar Lobão está convocado para depor na Comissão instalada na Câmara.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte