Má estrutura do Mercado Central preocupa feirantes

Grande desgaste da estrutura do Mercado Central gera reclamações e feirantes temem pelo futuro

Paredes rachando, fiação solta o que representa o perigo de curto circuito, sujeira, teto com goteiras. Sintomas do grande desgaste da estrutura do Mercado Central, uma situação que gera reclamações e faz com que os feirantes temam pelo futuro.

?Eu estou aqui com uma goteira acima do meu box, tem uma caixa d?água aqui em cima e me preocupo com o fato desta goteira. Eu peço muito a Deus que se tiver de acontecer alguma coisa que caia de noite quando não tiver ninguém aqui, porque se cair morre gente. Eu estou com 30 anos aqui e todo ano eles dizem que fazem reforma, mas é só na televisão, na prática cadê??, contra preocupado um dos feirantes do Mercado Central.

A falta de estrutura incomoda, e muito, vendedores e clientes de um dos mais tradicionais mercados públicos da capital. Esse quadro delicado obrigou a Prefeitura a anunciar mudanças. O projeto é de 25 milhões de reais e será feito em três etapas.

?A Prefeitura está com um projeto de reformar todo o Mercado Central, um reforma completa e reabilitação. Está com os projetos prontos com um custo de cerca de 25 milhões. Nós estamos garantidos para dar início à primeira etapa que contempla a parte antiga, que é a do artesanato. Vamos refazer toda a cobertura que é bastante antiga, se você vê lá ainda tem madeira de carnaúba centenária ainda lá. Então vamos refazer cobertura, instalações elétricas, hidráulicas e outras demandas?, explica o representante da Prefeitura de Teresina desgnado para falar do Projeto.

Ele explica ainda que, tão logo a Prefeitura consiga novos recursos o projeto passará para a segunda e terceira etapa. A dúvida agora é saber quando as reformas vão ter início. ?A gente já está com o edital pronto, já vai lançar nos próximos dias e tão logo a empresa esteja contratadas obras já terão início e queremos que iniciem já neste primeiro semestre?, finaliza.

Fonte: Marcilany Rodrigues