Detentos são transferidos de delegacia após fossa estourar

O caso ocorreu na Região Metropolitana de Fortaleza.

Cerca de 42 presos foram transferidos, na madrugada desta quinta-feira (22), da Delegacia de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. O motivo foi o mau cheiro e os dejetos que tomaram conta do espaço da unidade, após a fossa estourar. Os detentos foram levados para a sede Superintendência da Polícia Civil, no Centro da capital cearense.

Segundo apurado pela nossa reportagem, as condições da delegacia são bastante precárias e sem nenhuma higiene, tanto para os presos quanto para os policiais e outros funcionários que trabalham na unidade. Os 42 detentos estavam divididos em duas celas, que, conforme a própria polícia, só comportam no máximo 20 pessoas.

Em nota, a assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que já enviou uma equipe do departamento de serviços gerais para iniciar os reparos da fossa. Quanto aos problemas na estrutura, foi informado que a unidade passou por manutenção há 10 meses e que passaria por outra em maio, mas que, por conta do ocorrido, os serviços serão antecipados. Apesar disso, ainda não há data para o início das obras.

Fonte: jangadeiroonline.com.br