Detido por furtar cerveja morre após incêndio em cela de delegacia

Polícia diz que preso ateou fogo em um colchão no DP em Boituva-SP

Um homem que havia sido detido por furtar latas de cerveja morreu após um incêndio no colchão de uma cela no interior da delegacia da Polícia Civil de Boituva (SP), no sábado (23). O caso foi confirmado nesta terça-feira (26) pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP). A identidade da vítima não foi informada.

De acordo com a Delegacia Seccional de Itapetininga, o rapaz foi preso em flagrante após furtar um fardo com 12 latas de cerveja em um estabelecimento comercial da cidade no sábado (23).

Ele foi levado para a delegacia da cidade, onde foi colocado em uma cela. Policiais relataram que, enquanto era feito o boletim de ocorrência do furto, o suspeito ateou fogo em um colchão na cela.

Segundo o órgão, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e controlou as chamas. O suspeito foi socorrido e levado ao hospital, mas morreu por ter inalado fumaça. A Corregedoria da Polícia Civil foi informada sobre o caso e vai apurar a conduta dos policiais envolvidos.


Incêndio que provocou morte ocorreu dentro da delegacia de Boituva (Crédito: Carlos Alberto Soares/ TV TEM)
Incêndio que provocou morte ocorreu dentro da delegacia de Boituva (Crédito: Carlos Alberto Soares/ TV TEM)


Fonte: Com informações do G1