DF: Identificados os 8 corpos resgatados do lago Paranoá

O acidente deixou pelo menos nove vítimas fatais

A Polícia Civil do Distrito Federal identificou os oito corpos do naufrágio do barco Imagination no lago Paranoá, no domingo, já retirados da água. Faltavam ser identificados as vítimas resgatadas na terça-feira. São elas: Valdelice de Souza Fernandes, 36 anos, que seria mãe do bebê que morreu na noite do acidente, e Robinson Araújo de Oliveira, 29 anos. Os corpos devem ser liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) ainda hoje.

As outras seis vítimas são: o bebê João Antonio Fernandes Rocha, Flávia Daniela Pereira Dornel, 22 anos, Vicente Carneiro de Souza Neto, 36 anos, Ester Araújo de Oliveira, 10 anos, Paulo de Mello, 39 anos, e Adail de Souza Borges, 45 anos. Flavia, que era irmã da organizadora da festa que ocorria no barco, e Ester foram enterradas ontem.

O acidente deixou pelo menos nove vítimas fatais. O número variava porque, segundo a polícia, era possível que dois nomes que constam na lista de desaparecidos pertencessem à mesma pessoa. Porém, segundo a major Vanessa Signale, a embarcação, que está a cerca de 17 m de profundidade, foi vistoriada pelos mergulhadores e não foram encontrados vestígios de vítimas. "Não acredito que haja uma décima vítima e as buscas pelo corpo são agora nas imeadiações do barco", explicou.

A maioria dos 94 sobreviventes se salvou nadando até a margem do lago. Outros foram socorridos por uma lancha. O Imagination afundou por volta das 20h de domingo, na parte sul do lago Paranoá, próximo à Ponte JK - um dos principais cartões postais de Brasília.







Fonte: Terra, www.terra.com.br