Dia D de Campanhas contra Poliomelite e Multivacinação será 15/08

O período da campnha é de 15 a 31 de agosto

Dia D das campanhas contra Poliomielite e Multivacinação será em 15 de agosto

O Ministério da Saúde, integrado e articulado às Secretarias Estaduais e Municipais da Saúde, realizará no período de 15 a 31 de agosto, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite do ano de 2015 e a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação, sendo 15 de agosto, o Dia de D de mobilização nacional. Em Teresina, 59 salas de vacinação estarão abertas.

Esta será a 36ª Campanha contra a Poliomielite e neste ano comemora-se o 26º ano sem a doença no país, estando livre do poliovírus desde 1990. “No entanto, precisamos continuar atentos ao agente infeccioso da Poliomielite, todas as ações devem ser mantidas. A Campanha tem como objetivo vacinar indiscriminadamente crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade, mantendo desta forma elevadas coberturas vacinais  em todos os municípios, e assim, evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite no país”, disse Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Com relação à Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização do Esquema Vacinal, essa é uma importante ação das gestões em saúde. O grupo alvo para a campanha de Multivacinação são as crianças menores de cinco anos de idade. Durante o período dessa campanha, em todas as Unidades Federadas serão contabilizadas as doses aplicadas.

“Deverá ser avaliada a situação vacinal do grupo alvo, para que de forma seletiva proceda-se a atualização da caderneta de vacinação, de acordo com os esquemas preconizados pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI)”, falou Kledson Batista, enfermeiro e gerente executivo de Saúde da Regional Centro-Norte.

Nas campanhas de Poliomielite e Multivacinação deste ano a FMS introduzirá uma novidade. Será o Boletim Diário de Comparecimento. “No documento poderemos formalizar o comparecimento da criança à sala de vacina e assim termos parâmetros a seguirmos para analisarmos quantas crianças estão ou não com a caderneta atrasada e assim podermos traçar novas estratégias para otimizar nosso trabalho”, explicou Kledson Batista.

Em Teresina, a meta é vacinar 55.435 crianças durante as Campanhas de Poliomielite e Multivacinação. A FMS já articulou as ações para garantir o cumprimento da meta de imunização. Em doenças febris agudas, moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação contra pólio até a resolução do quadro com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença”, falou a diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, sobre as precauções antes de imunizar a criança. 

Ela enfatiza ainda as contraindicações gerais: crianças com hipersensibilidade conhecida a algum componente da vacina, a exemplo da estreptomicina ou eritromicina; pessoas com imunodeficiência humoral ou mediada por células, neoplasias, uso de terapia imunossupressora; comunicantes de pessoa imunodeficiência humoral ou mediada por células, neoplasias, uso de terapia imunossupressora; pacientes portadores de HIV e seus comunicantes; crianças com história de pólio vacinal associada à dose anterior da vacina. 

Fonte: FMS