Dia do Estudante com projeto especial da Rede Meio Norte

Dia do Estudante com projeto especial da Rede Meio Norte

Dia do Estudante com projeto especial da Rede Meio Norte

Buscando difundir o hábito da leitura entre os jovens piauienses, o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte inicia nesta sexta, dia 08, uma série de ações alusivas ao dia do Estudante, comemorado na próxima segunda-feira (11); reconhecendo a educação como nossa principal riqueza e fonte de desenvolvimento, o foco se dirige para a promoção de melhorias, que possam significar avanços substanciais na área em todo o Estado.

Os benefícios trazidos pela qualidade no ensino ultrapassam qualquer perspectiva e possibilitam transformações em torno da realidade social. O papel dinâmico e imprescindível da leitura entra nesse processo, dessa forma torna-se primordial o incentivo nesse setor, afinal é importante aprimorar as informações absorvidas em sala de aula, a dedicação a livros ou periódicos, como jornais, enriquece a linguagem e apresenta novos mundos. É um conhecimento irrepreensível, que nunca será perdido.

Essa visão ampla inserida pelo saber, coloca os jovens em sintonia com a atualidade e dinamiza a abstração de valores concretos na busca por um futuro melhor.

Ao tomar a leitura não apenas como uma obrigação, mas sim um hábito, as ruas passam a orientar apenas lembranças, assim o prazer pelos textos propõe uma imersão em ambientes inexplorados.

É uma fuga constante da rotina, o maior tesouro ao alcance das mãos. “A leitura deve ser sempre incentivada”, opina a professora Maria Sueli Ribeiro.

Percebendo o aspecto essencial da educação, o programa “SuperTop”, apresentado por Raquel Dias, na Rede Meio Norte, realizará uma gama de reportagens especiais na segunda-feira, dia 11, inserindo a realidade da área no Piauí, voltando para iniciativas valorosas que ajudaram a modificar comunidades na capital.

O perfil do estudante será detalhado minuciosamente, explanando também exemplos que deram certo, histórias de alunos das redes pública e privada que conseguiram vencer as dificuldades e vencer na vida.

Outro viés a ser mostrado condiz com a educação de adultos, pessoas com mais de 40 anos que não desistiram e resolveram retomar o sonho da formatura. Os empecilhos, os obstáculos, todos esses pontos serão abarcados, através de um trabalho intenso de pesquisa.

Haverá ainda espaço para apontar os avanços no setor, o que mudou na sala de aula, assim como o crescimento do ensino superior no Estado, com as novas oportunidades de ingresso nas faculdades e universidades.

Depoimento em vídeo: A importância do JMN

Durante o projeto, o aluno escolhido pela escola participante terá que gravar um vídeo de um minuto, citando a importância da leitura do Jornal Meio Norte, sendo que este depoimento será enviado para o e-mail da produção do programa "SuperTop" (supertop@ meionorte.com).

Em seguida, o diretor da instituição e o estudante apresentarão uma breve defesa sobre o papel da ação na abstração de conhecimento. Por fim, entre os oito vídeos das escolas participantes, 3 serão selecionados para serem exibidos no "SuperTop", no dia 11 de agosto, os jurados escolherão a melhor apresentação.

A grande vencedora será premiada com um tablet. Contudo, a ação não termina aí; os alunos das instituições selecionadas poderão postar fotos no Instagram com a hashtag: #pitstopparaleituramn. O estudante que fizer a imagem mais criativa ganhará um smartphone.

Pit Stop para Leitura é um projeto inovador

Dentro desta perspectiva encontra-se um projeto inovador denominado "Pit Stop para Leitura", que ocorrerá nesta sexta (8), em que oito escolas selecionadas pelo Sistema Meio Norte de Comunicação participarão ativamente.

Será enviado um representante que definirá um estudante para simbolizar a unidade. Nesse momento serão distribuídos exemplares do Jornal Meio Norte, objetivando despertar o interesse dos jovens pela leitura. Ao todo, mais de 3 mil alunos estarão inseridos na campanha.

De acordo com o diretor comercial do Sistema Meio Norte, Wrias Moura, o principal objetivo é formar um público leitor, que perceba a importância de tal hábito e difunda essa prática para toda a sociedade.

"Eles vão ter a oportunidade de ter o periódico em mãos, entrando em contato com o jornal, que é um veículo de comunicação tão essencial", declara.

Com a adesão das unidades de ensino ao projeto, as perspectivas para o futuro orientam em relação a continuidade. A cada ano o Pit Stop para Leitura deve promover boas ações e descobertas.

"Queremos propor a leitura de jornais nas escolas, visto que ele oferece uma visão ampla e atualizada, proporcionando a utilização integrada de recursos que a comunicação oferece, através de tabelas, gráficos e assuntos que exploram a interdisciplinaridade e a multidisciplinaridade, contribuindo assim na formação do leitor", explica Moura. 

Fonte: Francy Teixeira