Dilma sobre Sócrates: "Brasil perde um filho"

Dilma sobre Sócrates: "Brasil perde um filho"

Dilma divulgou nota de pesar após morte de Sócrates


Dilma lamenta morte de Sócrates:
A presidente Dilma Rousseff lamentou neste domingo a morte do ex-jogador Sócrates e classificou o atleta como "um grande brasileiro" que "deu muitas alegrias à torcida". Em nota de pesar, Dilma relembrou a atuação política do ídolo do Corinthians na luta pela redemocraização do País e resumiu: "Sócrates foi um campeão da cidadania".

"Além de ídolo do futebol, Sócrates foi um campeão da cidadania. Fora dos campos, nunca se omitiu. Foi um brasileiro atuante politicamente, preocupado com o seu povo e o seu país. Procurando o bem-estar de seus companheiros, ajudou a implantar um sistema democrático no clube em que atuava", disse, em referência à chamada Democracia Corintiana, movimento que exigia mais participação dos atletas nas decisões da entidade.

"Participou também ativamente da campanha pelas Diretas Já (entre 1983 e 1984, a favor das eleições presidenciais diretas no Brasil) e de outros momentos importantes da redemocratização do País", prosseguiu a presidente, se solidarizando ainda com a família do ex-jogador e com amigos e admiradores do atleta.

"O Brasil perde um de seus filhos mais queridos, o doutor Sócrates. Nos campos, com seu talento e seus toques sofisticados, foi um gênio do futebol, a ponto de ser considerado o melhor jogador sul-americano de 1983, e ser escolhido pela FIFA, em 2004, como um dos 125 melhores jogadores vivos da história. Como jogador do Corinthians, deu muitas alegrias à torcida", completou Dilma em sua nota de pesar.

Fonte: Terra, www.terra.com.br