Direção de Hospital esclarece sobre corpo de bebê encontrado em tambor de lixo

Ainda segundo a nota, uma pessoa ainda não identificada violou o material armazenado

O Diretor Geral do Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde, Mário Sérgio Cruz Sá, divulgou nota em que esclarece a respeito do corpo de um bebê (natimorto) encontrado dentro de um tambor lixo no Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde, em Uruçuí, nesta sexta (21).

Segundo a nota, uma paciente de iniciais L.F.P, deu entrada no centro de saúde, na quinta (20), portando exame ultrassonográfico que comprovava a morte do feto em seu ventre. A paciente foi mantida internada e aguardando transferência para a cidade de Floriano. Porém, a mesma iniciou trabalho de parto, dando à luz feto do sexo feminino já sem vida.

Ainda segundo a nota, uma pessoa ainda não identificada violou o material armazenado, bem como fez imagens fotográficas não autorizadas. A policia está apurando o caso.

Confira Nota na íntegra:

"NOTA DE ESCLARECIMENTO

Por ocasião de matérias jornalísticas divulgadas em portais de notícias locais, bem como
publicações em rede social, veiculando imagens de feto natimorto que supostamente teria
sido indevidamente descartado por equipe do Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde,
cumpre esclarecer o que segue.

A paciente de iniciais L.F.P, deu entrada neste centro de saúde por volta das 20:00h do dia
20 de Novembro de 2014, em estado gravídico, portando exame ultrassonográfico que
comprovava a morte do feto em seu ventre. Nessas circunstâncias, foi prontamente avaliada e
medicada pela equipe de plantão, sendo mantida internada, aguardando transferência para a
cidade de Floriano.

Entretanto, às 20:55h, a paciente iniciou o trabalho de parto, dando à luz feto do sexo
feminino já sem vida, confirmando resultado do exame apresentado.

Questionada pela equipe de saúde sobre que destinação pretendia dar ao feto morto, a
paciente respondeu que deixaria tal providência a cargo do hospital. Diante disso, os
funcionários competentes adotaram as medidas cabíveis quanto ao armazenamento
temporário do material, aguardando futuro transporte especializado e disposição final.

Ocorre, contudo, que pessoa ainda não identificada violou o material armazenado, bem
como foram feitas e divulgadas na web imagens fotográficas não autorizadas do natimorto,
causando grande repercussão social e assim constrangendo a família e a própria equipe do
Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde.

A ruptura do material e a autoria de tais fotos vêm sendo apuradas pela Polícia Civil e pelo
Conselho Tutelar, com a colaboração absoluta da administração deste hospital.

Mário Sérgio Cruz Sá
Diretor Geral do H.R.S.D.A."

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Noticias de Uruçuí