Do número total dos turistas que foram a Miami a maioria eram brasileiros

Estão sendo negociados dois novos voos para atender à demanda partindo da Capital.

“Em 2013, 51% dos turistas que foram a Miami eram brasileiros, nenhuma outra cidade norte-americana pode dizer o mesmo.” A constatação é de William D. Talbert 3°, presidente e presidente-executivo há 15 anos do Greater Miami Convention and Visitors Bureau (GMC&VB) - órgão oficial de fomento turístico que engloba Miami Beach, Miami City, Coral Gables e as demais miniprefeituras que formam a Grande Miami, maior aglomerado urbano do sul da Flórida (EUA).

Os números totais de visitação relativos a 2014 ainda não estão fechados, mas, a julgar pelas previsões, mesmo com a alta do dólar, essa percentagem deve até crescer, já que, no primeiro semestre, 424.065 brasileiros foram a Miami - aumento de 6% em relação a igual período de 2013, quando a Grande Miami recebeu, no ano, 756 mil turistas vindos do Brasil.

Segundo Bill Talbert, que capitaneou recentemente a vinda de uma delegação de representantes do setor de turismo de Miami a São Paulo, em 2013, turistas brasileiros, além de terem sido os mais numerosos, também foram os que mais gastaram.

Top 10

Pela ordem, no 1º semestre de 2014, os dez principais países que enviaram turistas para esse mercado foram Brasil, Canadá, Argentina, Colômbia, Alemanha, Venezuela, Inglaterra, Bahamas, França e Costa Rica, o que não difere muito do ranking apurado em 2013, quando, ao todo, a Grande Miami recebeu cerca de 3,6 milhões de estrangeiros.

Para efeito de comparação, o Brasil, de acordo com dados do Ministério do Turismo, ao todo recebeu um total de 5,7 milhões de turistas estrangeiros em 2013.

E, em 2014, ajudado pelo “efeito Copa do Mundo”, esse número deve chegar perto de totalizar a marca de 7 milhões de turistas internacionais, apenas duas vezes mais que a região de Miami.

Segundo Bill Talbert, “o Brasil tem estado entre os cinco primeiros mercados emissivos de turistas para a região de Miami ao longo de uma década. Isso se deve ao crescimento de sua economia e, também, ao crescente volume de negócios e de investimentos brasileiros na Grande Miami.”

De Fortaleza, parte um voo aos sábados para Miami, operado pela TAM. Estão sendo negociados dois novos voos para a cidade. (da Folhapress.

Fonte: O Povo