Caso Fernanda Lages: Advogado frequentava boate com Nayrinha

Caso Fernanda Lages: Advogado frequentava boate com Nayrinha

Ele também afirmou que deputado maranhense conhecia Fernanda Lages

O advogado Ronaldo Ribeiro, dono do escritório na qual pertence o advogado Ernesto Lopes que veio à Teresina para a defesa de Nayrinha, suposta principal testemunha no caso Fernanda Lages, confirmou que enviou o advogado por causa da sua amizade com ela e sua família. Segundo ele, por causa da escassez de advogados em Teresina e por nenhum assumir o caso, ele declarou que ficou sensibilizado com a situação de Nayrinha e resolveu ajudá-la.

Durante a entrevista no Programa Agora na Rede Meio Norte hoje, Ronaldo disse que várias amigas de Nayrinha ligaram para ele pedindo auxílio com relação ao caso da estudante. " A prisão é ilegal e temos que provar isso. Eu já conhecia Nayrinha nas vezes em que eu vinha a Teresina para negócios do escritório de advocacia, já a Fernanda Lages, eu conhecia de maneira superficial", declarou Ronaldo.

Ele disse ainda que ficou surpreso com os boatos de que o deputado Marcos Play, vice-presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão estaria financiando a defesa de Nayrinha. " Eu conheci a Nayrinha aqui em São Luís. O meu escritório presta serviços ao gabinete do deputado. Já fomos juntos em Teresina e ele conhecia também Fernanda Lages e Nayrinha. Frequentei a Boate Cenário na qual gosto muito, aliás, gosto da noite em Teresina e eu com a Nayrinha ficávamos juntos como amigos", acrescentou.

No final da entrevista, Ronaldo Ribeiro fez críticas ao trabalho da Polícia do Piauí e também à Polícia Federal. " Houve erros desde o início da investigação. O delegado Mamede nunca deveria ter saído do caso. A Polícia Federal deveria dar o caso como encerrado, já que em oito meses ninguém conseguiu descobrir nada e deveria reconhecer a sua incompetência. Se esse caso fosse no Maranhão, já teria sido elucidado. É ilegal a prisão da Nayrinha e exageros estão sendo cometidos", finalizou.

Fonte: Marcos Moraes