Duas pessoas morrem após pular de prédio em chamas em São Paulo

Duas pessoas pularam do apartamento de um edifício em chamas em São Paulo

A Santa Casa de Misericódia de São Paulo confirmou na tarde desta segunda-feira (20) que a mulher que tinha se jogado de um apartamento em chamas na região central da cidade morreu. Além dela, uma outra pessoa morreu quando também se jogou do edifício de sete andares.

O imóvel fica na Rua Barão de Campinas, em Santa Cecília. O fogo começou no início da tarde desta segunda e, segundo os bombeiros, as duas vítimas teriam se assustado ao ver o apartamento pegando fogo. A assessoria de imprensa da Santa Casa disse que a mulher, de 43 anos, teve parada cardiorrespiratória. Os bombeiros não confirmaram a identidade da primeira pessoa que morreu.

Doze equipes de resgate foram até o local para apagar as chamas. De acordo com os bombeiros, o fogo atingia um andar do prédio de número 787.Três pessoas ficaram feridas no incêndio. Uma menina de 6 anos e um menino de 4 também foram levados à Santa Casa. O hospital informou que as crianças passavam por exames e precisaram fazer inalação.

A terceira vítima é uma mulher de 25 anos, que, segundo os bombeiros, teve queimaduras no rosto. Ela foi levada para o Hospital Municipal do Tatuapé, na Zona Leste, onde existe um setor para queimados. Até as 15h30, a Secretaria Municipal de Saúde não havia passado o estado de saúde dela.

O helicóptero Águia, da Polícia Militar, foi para o local para ajudar no resgate às vítimas, e pousou na própria rua. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) a Rua Barão de Campinas foi totalmente interditada na altura da Alameda Glete para o trabalho dos bombeiros e o pouso do Águia. Não havia registro de problemas no trânsito da região.

Fonte: g1, www.g1.com.br