Mãe de jovem perdido: "É como se desaparecessem como fumaça"

Os cinco jovens desapareceram durante viagem para Prado, no sul da Bahia

?Tudo ainda é muito vago, é como se um carro e cinco pessoas pudessem desaparecer como fumaça, como se pudessem desintegrar?, disse Glória Galão, mãe de André Galão, 28, um dos cinco jovens que viajavam de São Mateus, no norte do Espírito Santo, até Prado, no sul da Bahia, para uma festa de aniversário na noite da última sexta-feira (20). Tanto os jovens quanto o carro em que viajavam sumiram sem deixar pistas. A polícia dos dois Estados está fazendo buscas na região na tentativa de encontrar o grupo.



Além de André, ex-estudante de Design de Moda do Centro Universitário do Espírito Santo (Unesc), em Colatina, também estão sendo procurados: Izadora Ribeiro, 21, Rosaflor Oliveira, 24, Amanda Oliveira, 22, e Marllonn Amaral, 21, estudantes de biologia do Centro Universitário Norte do Espírito Santo (Ceunes), em São Mateus.

Os jovens viajaram por volta das 19 horas da última sexta-feira em um carro Fiat Punto de cor bege, placas ODC 6985. Eles iam para a festa de aniversário da mãe de Izadora. O percurso entre São Mateus e Prado deveria ser feito em cerca de 3 horas. Como o grupo não chegou ao destino, os familiares tentaram ligar para os telefones celulares dos estudantes, mas todas as ligações caíram na caixa postal.

Segundo a polícia de São Mateus, o grupo teria sido visto pela última vez em um posto de gasolina do distrito de Itabatã, no município de Mucuri, sul da Bahia.

Imagens da câmera de segurança de um posto de gasolina na cidade de Pedro Canário, no Espírito Santo, distante apenas 10 km da divisa com a Bahia, podem ajudar na investigação sobre o desaparecimento dos jovens. O vídeo já foi solicitado e, apesar da baixa qualidade, poderá dar alguma pista sobre o paradeiro do grupo.

Um helicóptero da Polícia Militar também está sendo utilizado nas buscas. ?Há algumas hipóteses para o que possa ter acontecido como a suspeita de acidente de carro, homicídio ou latrocínio?, afirmou o delegado de São Mateus, Janderson Lube.

Segundo a mãe de André Galão, as buscas foram iniciadas pelos familiares já na manhã de sábado (21), ela informou que o trajeto entre São Mateus (ES) e Prado (BA) foi refeito diversas vezes por parentes. Além dos familiares e da polícia, o caso vem sendo divulgado nas mídias sociais com a ajuda de amigos.

Quem tiver informações sobre a localização dos cinco jovens pode entrar em contato com a Delegacia de Pessoas Desaparecidas, em Vitória, pelo telefone (27) 3137-9065, ou ligar para o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública, pelo telefone 181. A identidade da testemunha permanecerá em sigilo. (Com informações da Agência Estado)

Fonte: UOL