“É desrespeito com consumidor”, diz homem que comprou farinha em vez de cocaína de traficante

“É desrespeito com consumidor”, diz homem que comprou farinha em vez de cocaína de traficante

Ele deu aparelho de som avaliado em R$ 2.000 em troca de 25 gramas da droga

O jovem que procurou uma delegacia na cidade de Araricá, no Rio Grande do Sul, para reclamar que comprou farinha de trigo em vez de cocaína de um traficante, diz que foi lesado como consumidor.

? Fui contente com a bucha de cocaína para casa. Iria durar uma semana. Mas, na primeira cheirada, já fiquei indignado. E eu estava jogando limpo. Me senti lesado com isso aí. Ele não respeitou o direito do consumidor.

Ele disse ter entregado um aparelho de som que custa cerca de R$ 2.000 em troca de 25 gramas do entorpecente.

Ao notar que era farinha, ele foi até a casa do homem, mas ninguém atendeu. Ele foi novamente acompanhado da polícia. O aparelho de som foi recuperado e entregue ao dono novamente.

O suposto traficante disse que fez uma brincadeira com o rapaz. A polícia informou que vai investigar o caso e poderá indiciar o homem por tráfico de drogas. O usuário afirmou que havia pagado apenas quatro parcelas do aparelho de som, de um total de 18 prestações.

O delegado que atendeu a ocorrência disse ter achado a queixa inusitada, mas com fundamento. Ele afirmou que abriu inquérito para investigar a existência de uma quadrilha.

Fonte: r7