Economia: motores de três cilindros terão sistema de desativação em breve

O dispositivo deverá chegar ao mercado dentro de poucos anos com a promessa de reduzir ainda mais o consumo destes motores

Amplamente usada em motores de grande porte, como os HEMI da Chrysler ou os V8 da General Motors, a tecnologia de desativação de cilindros promete chegar também aos propulsores compactos. Empresa fornecedora de componentes para a indústria automotiva, a Schaeffler anunciou nesta semana que trabalha um sistema inédito para ser usado especialmente em blocos de três cilindros. O dispositivo deverá chegar ao mercado dentro de poucos anos com a promessa de reduzir ainda mais o consumo destes motores.

A Schaeffler explica que o dispositivo entrará em ação quando a força do motor não for exigida na sua integralidade. Nesta situação, um dos cilindros será automaticamente desligado e apenas dois seguirão em funcionamento. Assim que o motorista pisar no acelerador com mais intensidade, o cilindro desativado volta atuar e o motor passar a ter 100% de força novamente. Os primeiros testes serão iniciados em seis meses e a previsão de economia é de algo em torno de 3% (número modesto, mas que pode subir no decorrer dos testes).

Fonte: Vírgula