13º salário é bom para pagar parcela, quitar dívida ou ainda comprar à vista

Cálculos realizados pelo diretor-executivo da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade)

Usar o 13º salário para antecipar parcelas ou quitar financiamentos, mesmo sem estar com o nome sujo, é uma boa estratégia financeira. Outra sugestão é aproveitar a entrada desse recurso extra para comprar à vista algum produto de que você esteja precisando.

Cálculos realizados pelo diretor-executivo da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) Miguel Ribeiro de Oliveira mostram que quem comprou um carro ou um eletrodoméstico pode economizar muito dinheiro pagando à vista ou quitando antecipadamente as parcelas.

E para quem está no rotativo do cartão de crédito ou no cheque especial, pagar a dívida vai evitar uma bela dor de cabeça. E o melhor: sobra ainda dinheiro para investir.

Antecipar parcelas do carro financiado: economia de R$ 177,40

Pelas contas de Oliveira, quem comprou um carro de R$ 25 mil financiado em 60 meses com uma taxa de 1,80% ao mês iria pagar 60 parcelas mensais de R$ 684,80.

Se ao receber o 13º salário essa pessoa resolvesse antecipar 5 parcelas do financiamento, ela teria direito à redução proporcional dos juros embutidos, como determina o artigo 52, parágrafo 2º, do Código de Defesa do Consumidor.

Sendo assim, em vez de pagar R$ 3.424 pelas cinco parcelas, ela pagaria R$ 3.246,60 --uma economia de R$ 177,40.

Se essa pessoa resolvesse colocar os mesmos R$ 684,80 todo mês em uma poupança, após cinco meses ela teria R$ 3.461,18. Um ganho de apenas R$ 37,18, bem inferior à economia de R$ 177,40 obtida com a antecipação das parcelas.

E quanto mais parcelas antecipadas, maior o ganho.

Comprar geladeira à vista: economia de R$ 895,20

Imagine que uma geladeira custe, à vista, R$ 1.500. Se uma pessoa financiasse a compra desse produto em 24 meses com uma taxa de 4,14% ao mês (média de juros do comércio), pagaria 24 parcelas mensais de R$ 99,80, calcula Oliveira.

No final das 24 prestações, teria desembolsado R$ 2.395,20 pelo mesmo produto.

Se a pessoa usasse o 13º salário para comprar a geladeira à vista, economizaria todos os juros pagos, ou seja: R$ 895,20.

A quitação antecipada é vantajosa no caso das compras feitas com pagamento de juros. Se a compra foi parcelada sem juros, então não há vantagem em adiantar o pagamento.

Nesse caso, teria sido melhor negociar o desconto para pagamento à vista antes de efetuar a compra. Se a loja não oferece o desconto, continue pesquisando. Certamente você vai encontrar um preço mais baixo ou um desconto melhor.

Dívida no cartão de crédito aumenta 77% em seis meses

Se a pessoa comprou no cartão de crédito e resolver entrar no rotativo no valor de R$ 2.000, a uma taxa de juros de 10% ao mês, em apenas 30 dias já estará devendo R$ 2.200,00.

Em seis meses, a dívida terá saltado para R$ 3.543,12, um aumento de 77,16%.

Portanto, utilizar o 13º salário para se livrar dessa dívida é a melhor alternativa para evitar futuras dores de cabeça.

Para quem está sem dívidas: poupar

Economizar o dinheiro do 13º salário é sempre uma boa pedida, já que o começo do ano tem despesas pesadas com IPTU, IPVA, matrícula, uniforme e material escolar, gastos com férias, parcelas dos presentes de Natal...

Fonte: UOL