13º salário vai injetar R$ 7 mi este ano na economia do PI

A primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga até o dia 30 deste mês e o pensamento de muitas pessoas é gastar o dinheiro

Os teresinenses devem receber, até o dia 30 deste mês, a primeira parcela do décimo terceiro salário. O salário extra deverá injetar cerca de R$ 7 milhões este ano na economia piauiense.

Os economistas alertam que esse dinheiro deverá ser usado com cautela e ter como principal destino o pagamento de dívidas acumuladas ao longo do ano.

Uma pesquisa nacional, realizada pela Ipsos, empresa de pesquisa de mercado, mostra que menos de um quarto dos brasileiros (24,5%) vai usar os recursos da primeira parcela do 13º salário para pagar dívidas.

Esse é o menor resultado registrado em cinco anos para o destino do salário extra. Para quem precisa quitá-las, no entanto, o conselho do economista Valmir Falcão é que use esse salário extra para este fim.

?No Brasil, as pessoas não têm o hábito de poupar dinheiro, como em países como Estados Unidos, por exemplo.

Além disso, a política econômica do governo federal é voltada para o consumo. Com isso, o brasileiro acabou comprando muito e se endividando e no Piauí não é diferente, por isso, é importante que as pessoas usem seu décimo terceiro para pagar cartão de crédito e cheque especial?, alertou o economista.

Segundo a pesquisa, no ano passado, 16,3% dos entrevistados informaram que poupariam a primeira parcela do 13º salário. Neste ano, essa fatia subiu para 20,4%.

A outra parcela dos consumidores que não vai quitar dívidas com esses recursos está indecisa: 20,4% declararam neste ano que não sabem o destino que vão dar ao dinheiro. Em 2012, esse grupo representava 16,3%.

No ano passado, 4,7% dos entrevistados informaram que gastariam a primeira parcela do 13º salário com reforma ou construção. Neste ano, essa fatia recuou para 4,1%. No caso do desembolso com viagens, a retração é ainda mais significativa: 9,3% no ano passado ante 6,1% neste ano.

Fonte: Pollyana Carvalho