2º lote de restituição do IR paga mais de 11 milhões no Piauí

De acordo com o delegado da Receita Federal no Piauí, Gildásio Barbosa Rêgo, os idosos e deficientes terão prioridade para receber a restituição

A Receita Federal liberou nesta semana a consulta ao 2º lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2013 e lotes residuais que abrangem o período de 2008 a 2012. No Piauí 8.482 contribuintes serão beneficiados, totalizando R$ 11.360.635,21 em restituições que serão creditadas a partir do dia 15 de julho de 2013.

De acordo com o delegado da Receita Federal no Piauí, Gildásio Barbosa Rêgo, os idosos e deficientes terão prioridade para receber a restituição.

?Os idosos com mais de 65 anos de idade receberão primeiro a restituição, não importando, neste caso, a ordem de declaração do Imposto de Renda, bem como os deficientes físicos e portadores de doenças graves. Após estes contribuintes as restituições serão processadas normalmente de acordo com a ordem da declaração à Receita?, destacou o auditor fiscal.

Em todo o Brasil serão pagos R$ 1,4 bilhão no lote multiexercício para um total de 1.113.668 contribuintes

No Estado do Piauí, para o exercício de 2013, serão creditadas restituições para um total de 8.195 contribuintes, totalizando R$ 10.743.151,66. Já para o exercício de 2012, serão creditadas restituições para 141 contribuintes, totalizando R$ 359.335,52.

Quanto ao lote residual do exercício de 2011 serão creditadas restituições para 72 contribuintes, totalizando R$ 111.283,57. Com relação ao lote residual do exercício de 2010, serão creditadas restituições para 40 contribuintes, totalizando R$ 39.291,15. Para o lote residual de 2009 serão creditadas restituições para 21 contribuintes totalizando R$ 79.974,95 e para o lote residual de 2008 ,13 contribuintes serão beneficiados totalizando R$ 27.598,36.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da receita na internet (http://www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para a o número 146. O lote residual poderá ser consultado, ainda, por dispositivos móveis como tablets e smarthphones, através de aplicativo disponível na página da Receita na internet.

?Quem não consta desses lotes, é importante consultar o Extrato do Processamento da DIRPF no site da Receita a fim de saber se incidiram em Malha Fiscal e, se for o caso, providenciar a correção e regularização de sua declaração", finalizou Gildásio Barbosa Rêgo.

Fonte: Receita