Ações da Oi sobem mais de 14% em pregão de recuperação; Bolsa segue em alta

Dólar comercial opera estável, cotado a R$ 2,222

Depois de ter caído 14,46% no pregão de quinta-feira, a operadora Oi ensaia recuperação nesta sexta, avançando 14,08%. Já a Bolsa brasileira, que abriu em baixa, opera em alta, após um dia de euforia alimentado por especulações eleitorais sobre o resultado da Copa. Às 16h22m, o índice de referência Ibovespa subia 0,34%, aos 54.775 pontos.

O dólar comercial opera estável, negociado a R$ 2,220 para compra e a R$ 2,222 para venda. A moeda americana avança sobre a maioria das moedas do mundo, segundo analistas, depois do balanço do Wells Fargo. O maior banco do mundo em valor de mercado registrou aumento de 3,8% em seu lucro líquido no segundo trimestre do ano.

Entre as ações, a Petrobras, que subiu mais de 5% na quinta, hoje registra alta de 0,17% (ordinárias, com direito a voto) e 0,66% (preferenciais, sem voto). A Vale registra queda de 0,07% nas ações preferenciais. A mineradora convocou analistas para teleconferência sobre a precificação de minério de ferro.

O setor bancário, um dos que impulsionaram a alta de 1,79% no Ibovespa de ontem, também abriram o dia no negativo mas inverteram o sinal no fim da manhã. As ações do Banco do Brasil têm alta de 0,38%; as preferenciais do Bradesco, de 0,24%, enquanto as do Itaú Unibanco operam em 0,39%.

? A alta de ontem foi grande demais, mas considero a derrota da seleção na Copa uma justificativa muito fraca para sustentá-la. Então é normal que hoje isso não se repita ? disse o analista Hersz Ferman, da Elite Corretora.

AÇÃO DA OI É REBAIXADA POR ITAÚ BBA

Segundo Julio Hegedus, economista-chefe da Lopes Filho & Associados, os papéis ficaram caros demais depois da alta de ontem, e os investidores ?caíram na real? de que ?a derrota na Copa não vai ter influência na eleição, mas a economia sim.?

A Oi, que perdeu 29% em duas semanas ? o equivalente a R$ 4,880 bilhões em valor de mercado ? se recupera hoje na Bolsa. Suas ações sobem 14,08%, cotadas a R$ 1,62. Na quinta, elas chegaram à baixa histórica de R$ 1,42.

? Depois de caírem mais de 14% ontem, as ações ficaram muito baratas, atraindo os investidores. É um ajuste de curto prazo natural ? explicou Hegedus.

Nesta sexta-feira, a ação da Oi foi rebaixada pelo Itaú BBA.

?Apesar de não antecipar problemas de liquidez decorrentes desse investimento (da PT na RioForte), reconhecemos que irá limitar o desempenho das ações no curto prazo?, escreveu a analista da Itaú BBA Susana Salaru.

A operadora sofre com a exposição da Portugal Telecom ? com a qual está em processo de fusão ? a um possível calote de ? 897 milhões em notas promissórias da RioForte, do Grupo Espírito Santo (GES). Os investidores temem que isso possa complicar a união das duas companhias.

Questionado, em evento no Rio, sobre a situação da Oi, o banqueiro André Esteves, do BTG (que participou da recente capitalização da tele), informou que não poderia comentar, pois a companhia é aberta.

BOLSAS GLOBAIS TÊM ALTA TÍMIDA

O órgão regulador do mercado de capitais português encerrou ao meio-dia desta sexta-feira a suspensão da negociação de ações do Banco Espírito Santo (BES), adotada ontem para conter sua forte desvalorização, que chegou a 19%. Hoje, o BES sobe 6%.

O BES informou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), órgão que regula o mercado de capitais de Portugal, suas exposições ao GES. Ao todo, o valor chega a ? 2 bilhões. Desse total, cerca ? 1,5 bilhão está atrelado a papéis emitidos pela RioForte e suas subsidiárias. Outros ? 511 milhões são referentes a papéis da Espírito Santo International.

Hoje, o BES se esforçou para dissipar o nervosismo do mercado em relação a sua vulnerabilidade ao conturbado império de negócios da família que o fundou, mas os investidores ainda estão no escuro sobre o tamanho das potenciais perdas.

O banco central português (Banco de Portugal) descartou um possível resgate ao BES, o maior daquele país. A instituição afirmou em comunicado que, levando em conta informações divulgadas pelo BES, ?ele tem capital suficiente para acomodar possíveis impactos negativos de sua reconhecida exposição ao braço não financeiro do Grupo Espírito Santo sem comprometer as exigências mínimas de compulsório?.

Após uma semana de perdas, a maioria das Bolsas europeias registrou leve alta, com a aposta de que os problemas no BES não vai desencadear colapso sistêmico na Zona do Euro. O índice Euro Stoxx subiu 0,21%, enquanto a Bolsa de Paris elevou-se 0,35%, e a de Londres fechou em avanço de 0,27%.

Nos EUA, as ações do índice Dow Jones sobem 0,12%, e as do S&P 500, 0,10%. Já a Bolsa Nasdaq avança 0,39%.

Fonte: O Globo