Aluguel deve ficar 5,3% mais caro em 2010

Aluguel deve ficar 5,3% mais caro em 2010

Indicador que regula 90% dos contratos já registra 1,74% em menos de dois meses

O inquilino brasileiro já pode se preparar: o aluguel deve ficar mais caro neste ano. Essa é a previsão do Secovi-SP (Sindicato da Habitação de São Paulo) com base na estimativa dos analistas ouvidos pelo boletim Focus do Banco Central, que preveem o indicador de inflação do aluguel em 5,26% no fim do ano. Em menos de dois meses, o IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado) da FGV (Fundação Getúlio Vargas) já acumula inflação de 1,74% em 2010.

No ano passado, o índice usado para calcular o reajuste dos contratos registrou deflação de 1,71%, ou seja, queda nos preços. Em 2008, o IGP-M foi quase o dobro do que está previsto para 2010 (9,81%). De acordo com Roberto Akazawa, gerente do departamento de economia e estatística do Secovi, até abril, os contratos de aluguel não terão grandes reajustes, mas a partir de maio são esperadas altas mensais mais consideráveis.

- Houve fortes variações em outubro, novembro e dezembro [de 2009] e está ocorrendo um reajuste em janeiro (0,2%). Ainda é muito cedo para definir uma tendência. Quando consideramos os últimos 12 meses, ainda está alta a taxa acumulada: são 8,83%. Isso quer dizer que falta oferta de imóvel e a procura continua alta.

Akazawa informa ainda que, no caso de saldo negativo do IGP-M, o consumidor não precisa procurar a imobiliária ou o dono do imóvel para pedir a redução do aluguel. Isso porque os contratos que preveem correção pelo índice da FGV reajustam automaticamente o valor ? para mais ou para menos.

O novo valor do aluguel só passa a vigorar depois de um ano de permanência no imóvel, isto é, no aniversário do contrato. Por exemplo, se um apartamento foi locado em junho de 2009, o reajuste levará em conta o IGP-M acumulado entre julho de 2009 e junho de 2010, e o novo valor só valerá em agosto de 2010.

Aluguel em São Paulo

Um estudo do Secovi com base no mês de janeiro mostrou que o preço do metro quadrado de um apartamento de dois dormitórios em bom estado varia até 123% de acordo com a região da capital paulista. Em bairros da zona leste, o metro quadrado custa no máximo R$ 9,65 enquanto que o valor chega a R$ 21,49 em bairros como Aclimação, Chácara Santo Antônio, Higienópolis e Moema (zona sul).

Isso quer dizer que o aluguel de um apartamento em bom estado de 70 metros quadrados na zona leste pode custar até R$ 675,50. Já nos bairros da zona sul, como a Aclimação, esse valor alcança R$ 1.504.

Fonte: R7, www.r7.com