Ambev investe R$ 750 milhões no Brasil no primeiro semestre

Segundo o executivo, o principal destino dos recursos no primeiro semestre foi o incremento do volume de produção

Nos primeiros seis meses do ano, a Ambev investiu no Brasil R$ 750 milhões, enquanto que na América do Sul o volume aplicado totalizou R$ 1 bilhão.

Os recursos investidos no país, contudo, representam praticamente a metade do que foi aplicado pela companhia no mesmo período do ano passado: em torno de R$ 1,4 bilhão, segundo informou há pouco o vice-presidente financeiro e de relações com investidores da companhia, Nelson Jamel, em teleconferência com jornalistas.

"Essa retração não significa ainda uma resposta ao aumento da carga tributária para bebidas frias, que só vai entrar em vigor em outubro", disse Jamel. "A diminuição está relacionada aos fortes investimentos que fizemos no primeiro semestre do ano passado na filial de Pernambuco", afirmou.

A Ambev já admitiu rever os investimentos desse ano, da ordem de R$ 2,5 bilhões, caso o governo federal mantenha o aumento da carga tributária para bebidas frias, anunciado há dois meses. "É uma consequência natural da oferta e da demanda", afirmou Jamel. Com o aumento do imposto, o preço da cerveja deve subir até 4,5% e, o dos refrigerantes, até 9%, o que tende à diminuição dos volumes vendidos.

Segundo o executivo, o principal destino dos recursos no primeiro semestre foi o incremento do volume de produção, da ordem de 600 mil hectolitros (cada hectolitro equivale a 100 litros). "Estão previstas oito novas linhas de produção este ano e, destas, já abrimos duas, em Aquiraz (CE) e Recife (PE)", disse.

Fonte: Extra