América Latina precisa investir US$ 10 bi por ano em energia elétrica

Essa injeção de recursos é necessária para levar a energia a 100 milhões de latino-americanos que não têm eletricidade

A América Latina precisa investir US$ 10 bilhões ao ano, por 10 anos, para fornecer eletricidade a toda a população, segundo cálculo da Cier (Comissão de Integração Energética Regional), depois do apagão de terça-feira (10) observado no Brasil e no Paraguai.

Essa injeção de recursos é necessária para levar a energia a 100 milhões de latino-americanos que não têm eletricidade (20%), declarou em entrevista à imprensa nesta quarta-feira o presidente da Cier, Gabriel Argüello, estimando que "o acesso à energia nos países latino-americanos ainda está bem distante de ser chamado de ótimo". O investimento deve levar em conta que a demanda crescerá 5% ao ano, estimou.

O fornecimento energético na América Latina sofre com o problema de interconexões entre países, pouca diversificação das fontes de energia e com o "atraso" dos planos de desenvolvimento em relação ao aumento da demanda, segundo Argüello.

Um blecaute deixou sem luz vários estados e as principais cidades do Brasil na noite de terça-feira, atingindo também o Paraguai, depois da derrubada de várias linhas de transmissão pertencentes à represa paraguaio-brasileira Itaipu, devido, possivelmente a um problema meteorológico.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br