Aplicações de estrangeiros no Brasil passam de US$ 50 bi

Aplicações de estrangeiros no Brasil passam de US$ 50 bi

Valor foi registrado até novembro e engloba em ações e renda fixa.

As aplicações de investidores estrangeiros em ações, e em renda fixa no Brasil, somaram US$ 50,44 bilhões de janeiro a novembro deste ano, o que representa novo recorde da série histórica que se inicia em 1947, informou nesta terça-feira (21) o Banco Central.

O recorde histórico anterior para aplicações de estrangeiros em ações e renda fixa havia sido registrado em todo ano de 2009 - quando houve o ingresso de US$ 47,14 bilhões.

Para o ano de 2010 fechado, a previsão do BC é de que as aplicações dos investidores estrangeiros em ações e renda fixa somarão US$ 51,3 bilhões. Em 2011, porém, a autoridade monetária prevê uma entrada menor: de US$ 40 bilhões.

"Tem alguma desaceleração na entrada de ações em 2011. Até mesmo porque o ano de 2010 foi marcado por uma operação grande da Petrobras", explicou o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes.

O ingresso de recursos somente para o mercado acionário recuará, segundo o BC, de US$ 35 bilhões, neste ano, para US$ 25 bilhões em 2011. Ao mesmo tempo, a autoridade monetária também está prevendo o ingresso de US$ 15 bilhões para renda fixa no país no próximo ano (contra US$ 13,6 bilhões em 2010).

"A gente acha que tem espaço para crescer um pouco", disse Lopes, referindo-se ao aumento da estimativa para ingresso de renda fixa no país de 2010 para 2011, que ocorre apesar do aumento dda alíquota do IOF sobre estas operações de 2% para 6% autorizada em outubro pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Fonte: g1, www.g1.com.br