Após subir 10%, ações do Facebook oscilam em estreia na Bolsa

Após subir 10%, ações do Facebook oscilam em estreia na Bolsa

Em menos de cinco minutos após a abertura do pregão foram negociadas mais de 100 milhões de ações da empresa.

A aguardada estreia das ações do Facebook Bolsa de Valores dos Estados Unidos atrai a atenção de investidores em todo o mundo. Em menos de cinco minutos após a abertura do pregão foram negociadas mais de 100 milhões de ações da empresa. A alta, nos primeiros minutos, passou de 10%.

Por volta das 15h25, as ações tinha alta de 5,89%, cotadas a US$ 40,24.

Nos 30 segundos iniciais foram negociadas 82 milhões de ações.

Zuckerberg toca o sino da Nasdaq

O fundador e executivo-chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, tocou nesta sexta-feira o sino que deu início ao pregão no mercado da Nasdaq para celebrar o histórico IPO (oferta inicial de ações) da rede social, que chega a Wall Street com o valor de US$ 104 bilhões.

Para a ocasião, a cerimônia de abertura foi transferida desde os escritórios de Nasdaq, na emblemática Times Square de Nova York, até a sede de Facebook em Menlo Park (Califórnia), onde a rede social montou um grande palco com telas gigantes para centenas de empregados da empresa.

Diante da enorme expectativa, Zuckerberg, vestido com o seu tradicional suéter esportivo com capuz e visivelmente emocionado, tocou o sino que marca o início dos contratos no índice Nasdaq, acompanhado por dezenas de executivos e trabalhadores da empresa, entre eles Sheryl Sandberg, diretora de operações.

Enquanto isso, o diretor financeiro do Facebook, David Ebersman, foi até os escritórios da Nasdaq em Times Square, onde as telas gigantes estavam com o emblema azul e branco da rede social e exibiam a frase "Bem vindo Facebook".

Na última quinta a tarde, a rede social que conecta mais de 900 milhões de pessoas no mundo todo fixou seu preço final de saída na bolsa em US$ 38, o que supõe que arrecade um mínimo de US$ 16 bilhões com sua oferta pública de venda de ações (IPO), embora esse número possa chegar até 18,4 bilhões.

Com base nesses números, a estreia de Facebook é a maior de uma empresa tecnológica dos Estados Unidos, muito acima da protagonizada pelo Google em 2004, quando ingressou US$ 1,9 bilhões com uma avaliação de 23 bilhões.

Além disso, com a arrecadação de pelo menos US$ 16 bilhões de dólares, o Facebook é a terceira maior estreia em Wall Street da história de qualquer empresa americana, só atrás da automobilística General Motors, que ingressou US$ 18,14 bilhões e da empresa de sistemas de pagamento Visa, que introduziu na bolsa US$ 19,65 bilhões.

Assim, a empresa fundada em 2004 chega a Wall Street valorada em até US$ 104 bilhões de dólares, o que supera a avaliação na Bolsa de grandes multinacionais americanas como McDonald"s, Citigroup e Amazon.

Fonte: UOL