Aumento da renda do trabalhador rural será foco de novo Ministro

Aumento da renda do trabalhador rural será foco de novo Ministro

Para desenvolver ações em prol do crescimento do setor, o ministro aposta no apoio do cooperativismo, da pesquisa, da assistência técnica entre outros

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, destacou que entre as prioridades da gestão à frente da pasta estará o trabalho para aumentar a renda do trabalhador no campo e o fomento ao uso de tecnologias sustentáveis para os produtores rurais que abastecem o mercado interno. O anúncio foi feito durante a cerimônia de transferência de cargo ocorrida nesta segunda-feira, 18 de março.


Aumento da renda do trabalhador do campo será foco de novo Ministro

Antônio Andrade ressaltou que dará ênfase no apoio à parcela de produtores rurais que não tem acesso à mecanização intensiva e cuja produção é voltada para o abastecimento do mercado interno. "Cito, por exemplo, o setor lácteo. O leite é um importante segmento que fixa o homem no campo", afirmou.

Ele enfatizou também a atenção voltada ao uso de novas tecnologias e normas que contemplem premissas de sustentabilidade, englobando aspectos econômicos, sociais e ambientais, para aumentar a produção de alimentos, gerar empregos e receitas e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente e os recursos naturais.

?Também é possível melhorar a competitividade dos produtos agropecuários brasileiros na fase de comercialização, processo muitas vezes comprometido devido à dificuldade de infraestrutura de transporte e armazenamento?, explicou Andrade.

Para desenvolver ações em prol do crescimento do setor, o ministro aposta no apoio do cooperativismo, da pesquisa, da assistência técnica, da defesa agropecuária e da vigilância sanitária. "Indispensável também a dedicação e o trabalho de toda a equipe de gestores e técnicos do Ministério da Agricultura e órgãos vinculados, que sempre apresentaram um trabalho de alta qualidade e cujo empenho espero contar".

Antônio Andrade agradeceu ainda ao seu antecessor, Mendes Ribeiro Filho. Segundo ele, "o bom desempenho demonstrado pela safra atual, que apresentou recorde de produção e conquista econômica e financeira para o homem do campo, tenho certeza, foi a melhor recompensa de Mendes".

Mendes Ribeiro Filho, ao passar o cargo para o novo ministro, também lembrou as conquistas obtidas durante a sua gestão. ?Tivemos um Plano Safra extraordinário e com ele a maior produção de grãos obtida na história do Brasil durante a temporada 2011/12, de mais de 166 milhões de toneladas, e já estamos produzindo uma maior ainda. Se estamos colhendo tanto agora é graças ao trabalho integrado do Governo Dilma?, afirmou.

Fonte: Marcilany Rodrigues